Faleceu nesta segunda-feira aos 97 anos em Curitiba o médico Dr. Jorge Amin Bacila

Destaques

Notícia publicada segunda-feira 16 julho 2018

Faleceu nesta segunda-feira aos 97 anos em Curitiba o médico Dr. Jorge Amin Bacila

Gostou, compartilhe

Nesta segunda-feira (16) faleceu em Curitiba, o Dr. Jorge Amin Bacila com 97 anos de idade. A triste notícia foi postada numa rede social, por uma das suas filhas. O corpo do médico será velado na capela Central de Luto Nossa Senhora do Carmo e o horário do sepultamento será amanhã, com horário ainda a ser confirmado pela família. Ele era casado com Nelly Fiani Bacila e tinha sete filhos. Dr. Jorge Amin Bacila, foi médico em Palmeira por mais de 30 anos e dedicou-se a atender as famílias palmeirenses e tinha bastante afeto por todos seus pacientes priorizando a saúde de cada um.

Dr. Jorge Amim Bacila

Nasceu em Palmeira no dia 1º de dezembro de 1920, filho de Amim e Victória Bacila, e seu pai, Amin Bacila migrou da Palestina para o Brasil aos 14 anos de idade, radicando-se em Palmeira. Aos quatro anos de idade, Jorge foi atingido pela epidemia de varíola, o que resultou em perda auditiva total. De imediato foi iniciado no treino da leitura labial, por sua mãe.

Frequentou o ensino primário no Colégio Imaculada Conceição e o secundário no Colégio Jesuíno Marcondes em Palmeira. Posteriormente foi interno do Liceu Rio Branco, em Curitiba.

Em decorrência da deficiência auditiva, transpôs os ciclos escolares com extrema dificuldade, tendo recebido, em todo o ensino básico e médio, valiosa atenção complementar por parte da professora Maria Nicolas que lecionava na comunidade do Lago, até o seu ingresso no curso superior.

Iniciou o curso de Medicina em 1941, na Universidade Federal do Paraná. Em 1945, transferiu-se para o Rio de Janeiro, onde se formou em medicina pela Faculdade Fluminense de Medicina, em 1947.

Por 30 anos, prestou inestimável atendimento de saúde pública, clínica geral, cirúrgico e obstétrico aos munícipes de Palmeira, Porto Amazonas e São João do Triunfo.

Prestou assistência ao nascimento de aproximadamente 11 mil crianças. Em 1976 transferiu-se para a cidade de Curitiba, onde exerceu a medicina por mais 34 anos.

Encerrou suas atividades profissionais em setembro de 2010, aos 90 anos tendo praticado os 63 anos da sua profissão, contando com a leitura labial.

Ala da maternidade

No último mês de maio, a Santa Casa de Palmeira, realizou a denominação da maternidade de “Dr. Jorge Amin Bacila” em homenagem ao médico palmeirense. Na ocasião, em nome de toda a família e representando o Dr. Jorge, que por motivos de saúde não pode comparecer, seu filho Antônio Roberto Bacila agradeceu e lembrou-se da rotina que seu pai fazia pelo hospital e a vontade dele retornar e atender as pessoas da cidade depois de anos atendendo em Curitiba. O descerramento da placa foi feito por Solange Bacila Acras e Antonio Acras, filha e genro do homenageado.

Homenagens

Em dezembro de 2015 recebeu a Medalha da Ordem Estadual do Pinheiro, principal honraria do Estado do Paraná.

Do Instituto Histórico e Geográfico de Palmeira (IHGP) ele recebeu a condecoração de Cavaleiro Maior da Honorífica Ordem da Freguesia Nova de Nossa Senhora da Conceição, no 8º Encontro do Povo Palmeirense, no dia 30 de outubro de 2009.

Em sua homenagem, receberam o nome “Jorge Amin Bacila” os seguintes estabelecimentos públicos: Associação de Pais e Amigos da Educação Especial e Reabilitação e a Estratégia de Saúde da Família, ambas em Palmeira.

O falecimento do médico Dr. Jorge Amin Bacila nesta segunda-feira (16), com certeza é uma grande perda para a cidade de Palmeira, bem como para a medicina do Estado do Paraná, pelos relevantes serviços prestados à população, com muito zelo, competência e dedicação, mas principalmente com amor ao próximo.

O prefeito Edir Havrechaki decretou luto oficial de três dias no município pelo falecimento do médico.