Vacinação contra febre amarela está disponível nas unidades de saúde

Destaques

Notícia publicada terça-feira 16 janeiro 2018

Vacinação contra febre amarela está disponível nas unidades de saúde

Gostou, compartilhe

O município de Palmeira não faz parte da área de risco da febre amarela, de acordo com relatórios do Ministério da Saúde. Recentemente várias cidades do país estão em alerta devido ao aumento da atividade do vírus em algumas regiões brasileiras.

Segundo Jean Carlo das Almas, da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, os palmeirenses podem ficar tranquilos quanto a febre amarela no município. “Até o momento Palmeira não registrou nenhum caso suspeito oriundo desse vírus”, destacou.

A vacinação contra a febre amarela está disponível aos palmeirenses em todas as Unidades de Saúde do município. “Essa vacina faz parte do calendário nacional de vacinação e é aplicada cotidianamente com o objetivo de manter erradicada a febre amarela”, relatou Jean.

Febre amarela

A febre amarela é uma doença febril aguda, de curta duração (no máximo 12 dias) e de gravidade variável. A forma grave caracteriza-se clinicamente por manifestações de insuficiência hepática e renal, que podem levar à morte. Deve-se levar em conta seu potencial de disseminação em áreas urbanas.

Em suas formas epidemiológicas os mosquitos vetores são os reservatórios do vírus amarílico. O modo de transmissão do vírus é somente pela picada de mosquitos transmissores infectados.

O diagnóstico das formas leve e moderada é difícil, pois pode ser confundido com outras doenças infecciosas do sistema respiratório, digestivo ou urinário. Formas graves com quadro clínico clássico ou fulminante devem ser diferenciadas de malária, leptospirose, febre maculosa, febre hemorrágica do dengue e dos casos fulminantes de hepatite.

Não existe um tratamento específico no combate à febre amarela. O paciente deve permanecer em repouso, com reposição de líquidos e perdas sanguíneas quando necessário. Os casos graves devem ser atendidos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), de modo que as complicações sejam controladas e o perigo da morte, eliminado.