Vestibular de Inverno da UEPG abre inscrições no dia 10 de abril

Geral

Notícia publicada segunda-feira 27 março 2017

Vestibular de Inverno da UEPG abre inscrições no dia 10 de abril

Gostou, compartilhe

A Coordenadoria de Processos de Seleção (CPS) da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) anuncia o cronograma de realização do Vestibular de Inverno 2017. As inscrições ocorrem de 10 de abril a 15 de maio, exclusivamente no endereço www.cps.uepg.br/vestibular. A taxa de inscrição, no valor de R$ 141, poderá ser recolhida até 16 de maio, nas agências bancárias ou locais integrados ao sistema de cobrança por aviso de compensação bancária.

As provas serão aplicadas nos dias 9 e 10 de julho (domingo e segunda-feira), em Apucarana, Cascavel, Castro, Curitiba, Guarapuava, Irati, Jacarezinho, Francisco Beltrão, Foz do Iguaçu, Maringá, Palmeira, Ponta Grossa, Rio Negro, São Mateus do Sul, Telêmaco Borba, Umuarama. Os locais de prova e ensalamento serão divulgados em 9 de junho.

O cronograma prevê a divulgação dos gabaritos para o dia 11 de julho, às 17 horas, na página do concurso (www.cps.uepg.br/vestibular). A divulgação da relação de aprovados com a respectiva lista de espera está agendada para até 1º de setembro, também, exclusivamente pela Internet.

Provas e Cotas

Sobre as provas, a CPS informa os gêneros textuais a serem cobrados na Redação. São eles: carta de reclamação; carta resposta à reclamação; texto de opinião dissertativo-argumentativo; notícia; e resumo. Nas questões de Literatura Brasileira, das provas de Língua Portuguesa, serão exploradas as seguintes obras: Amar, verbo intransitivo (Mário de Andrade); A morte e a morte de Quincas Berro d’Água (Jorge Amado); Livro sobre nada (Manoel de Barros); O filho eterno (Cristóvão Tezza); e O ovo apunhalado (Caio Fernando Abreu).

A UEPG adota a política de cotas, com oferta de 50% das vagas dos cursos de graduação, sendo 40% para candidatos que estudaram todas as séries do ensino fundamento e do ensino médio na escola pública; e 10% para negros, também que fizeram a educação básica integralmente na rede pública de ensino. A opção pelas cotas deve ser feita no ato da inscrição.