Rodoviária de Palmeira é alvo e vandalismo e amanhece enfeitada com lixo

Policial

Notícia publicada quarta-feira 08 novembro 2017

Rodoviária de Palmeira é alvo e vandalismo e amanhece enfeitada com lixo

Gostou, compartilhe

Uma cena inusitada, muito curiosa e revoltante foi encontrada na manhã desta quarta-feira (8) junto à plataforma de embarque do Terminal Rodoviário de Palmeira, que amanheceu enfeitado com vários tipos de lixo, na sua maioria material reciclável.

Nossa redação recebeu informações de pessoas que trabalham junto ao terminal que estavam revoltadas com cena deprimente e desrespeitosa, dizendo que o terminal havia sido alvo de vândalo. O ato de vandalismo segundo eles pode ter sido protagonizado provavelmente por um senhor que já tem certa idade e que perambula pelas ruas da cidade.

Segundo as pessoas que trabalham na rodoviária, o senhor que aparenta ter problemas psicológicos tem ficado constantemente junto ao terminal, onde ele acaba perturbando os passageiros que aguardam para embarcar e os que chegam e desembarcam dos ônibus. E que ainda ontem, terça-feira ele já teria colocado alguns objeto no prédio.

A reclamação tem sido constante por parte dos usuários do terminal em relação à precariedade do local, como os banheiros, a falta de bancos para sentarem enquanto aguardam o embarque e o próprio local que foi inaugurado no início da década de 1980.

A prefeitura de Palmeira chegou a anunciar a modernização do terminal e realizou uma licitação, porém até o momento nenhuma melhoria foi realizada no local. Outra reclamação é com relação à segurança do local, principalmente no período da noite, quando o local fica fechado e não tem guardião. O prédio já foi invadido e furtado diversas vezes, ficando para trás o prejuízo e estragos junto à lanchonete e guichês de venda de passagens.

As pessoas também têm reclamado que nos fundos da rodoviária, onde tem mata ciliar, tem servido para acampamento de indígenas que ali se alojam para confeccionarem seus artesanatos para comercialização. Também outras pessoas têm armado acampamento no local, que em vários momentos acaba ficando com lixo espalhado.

O Terminal Rodoviário é como se fosse um cartão postal, pois na maioria das vezes esta é a primeira imagem que as pessoas vêm ao chegar à cidade, e o local deve oferecer além de serviços, conforto e segurança aos passageiros.