Escola do Legislativo de Palmeira recebe Menção Honrosa em Natal

Polí­tica

Notícia publicada segunda-feira 21 novembro 2016

Escola do Legislativo de Palmeira recebe Menção Honrosa em Natal

Gostou, compartilhe

Na última sexta-feira (18), a Câmara Municipal de Palmeira recebeu Menção Honrosa pelos trabalhos desenvolvidos por sua Escola do Legislativo, em Natal, no estado do Rio Grande do Norte, pela Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas (Abel). O evento premiou as melhores iniciativas em capacitação e aprimoramento de servidores e parlamentares, em casas legislativas e tribunais de contas de todo o país.

O formato de Escola do Legislativo desenvolvida em Palmeira competiu com diversas iniciativas, realizadas por câmaras municipais, assembleias legislativas, pela Câmara dos Deputados, Instituto Brasileiro Legislativo que é vinculado ao Senado Federal e tribunais de contas de alguns estados brasileiros. Além da Câmara de Palmeira, o estado teve como representante o Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR), que foi premiado como a melhor ferramenta de Ensino a Distância do Brasil.

Para o presidente da Câmara Domingos Everaldo Kuhn, o reconhecimento da eficiência do trabalho realizado em Palmeira pela Abel reflete o empenho dos servidores e vereadores em se capacitar para melhor representar a população palmeirense. “A aplicação de recursos públicos em aprimoramento técnico do Poder Legislativo possibilita uma representatividade do cidadão efetuada de forma mais competente e responsável pelos servidores públicos e agentes políticos, visando desta maneira a um trabalho de maior qualidade voltado para a população”, disse Everaldo, que enviou o diretor executivo da Casa, Edson Gil Santos Júnior, para receber a honraria.

Escola

Elaborada pelo vereador Fabiano Cassanta em 2014, a Escola do Legislativo da Câmara de Palmeira já é um exemplo nos Campos Gerais, por ser a primeira a ser implantada na região e constantemente recebe a visita de vereadores e servidores de outros municípios. Com um perfil ousado e inovador, a Escola de Palmeira é aberta a população e de caráter obrigatório ao vereador, que pode ter descontado do valor do subsídio, falta sem justificativa aos cursos presenciais.

A Escola do Legislativo de Palmeira já realizou 15 cursos presenciais nas dependências da Câmara, ministrado por empresa devidamente licitada ou através de parcerias estabelecidas, que não geraram custos. No dia 1º de dezembro, acontece na Câmara, o último curso presencial de 2016 e dia 20, após a sessão preparatória, os vereadores que assumirão para a próxima legislatura, escolherão os cursos a serem ministrados em 2017, de uma lista de opções definidas por servidores da Casa, em reunião.